22 fevereiro 2007

Filho do Padeiro

Confesso que ao príncipio ainda me ri. Até achava piada. Pouca, mas alguma.
Agora já não. O meu sorriso já é forçado e amarelo.

Passo a explicar:

eu nasci escura, feia, mínima.

o B nasceu gordo e com algum cabelo castanho.

o V nasceu careca, o pouco cabelo que tinha era loiro, de olhos azuis azuis azuis, lindo, bochechudo, e gordinho.

Os comentários eram sempre os mesmos... "Oh B, de que cor são os olhos do padeiro?! Tens de ver isso!"

...

Já chega OK??

(para que vocês não fiquem a pensar... o meu Pai tem os olhos azuis, sim??!!)

2 comentários:

mamã do bébinho disse...

Já me ri...
As pessoas têm uma vontade louca de encontrar parecenças nos bebés. Eu pessoalmente não entendo isso pois nunca consigo encontrar parecenças com ninguém num bebé!

PM disse...

Ola P!!
Conheci hoje este vosso cantinho!!! Estava a dar uma vista de olhos para vos "conhecer" e não resisti a este post, tinha de deixar comentário.
Pelo que tenho visto é geral, as pessoas não sabem e não entendem estes casos da cor dos olhos... o que de facto acontece com a cor dos nossos olhos, é que a cor passa sempre (!!!) uma geração!!!
A cor dos nossos olhos vem sempre dos nossos avos, no meu caso sou filha de pai de olhos castanhos e mãe de olhos azuis... eu tenho olhos cinza esverdeados iguaizinhos aos da minha avo materna!!!!
Espero que tenhas percebido!!!
Assim poderas responder a pessoas que gostam de fazer gracinhas com alguma maldade!!!
Beijocas ENORMES!!!!

P.S.: Adicionei o vosso link no meu blog!!!!