25 junho 2007

AA

Eu e o alcool nunca tivémos uma relação muito estreita... Adoro uma Imperial ao fim da tarde, um Vodka quando saio, ou um copinho de vinho branco ao jantar. Mas passo semanas sem beber. Nunca bebo em casa. Vinho lá em casa, só para cozinhar! Aliás, o vinho tinto põe-me a dormir...
Mas se vou jantar fora ou sair, lá marcha um copo.
Não sou de bebedeiras, odeio ressacas, e páro assim que me sinto a ficar alegre demais.

E dito isto, qualquer um pensaria que estando grávida, o alcóol me passaria completamente ao lado. E passa, claro. Mas custa!!!!!
Nunca pensei! O fruto proibido é mesmo o mais apetecido, é verdade... Quando janto fora, pareço uma alcóolica em recuperação!! Apetece-me tanto uma imperial bem fresquinha!! Um copinho de vinho branco!! Alguém me ajude!!!!

E não me venham cá com histórias, porque acho a cerveja sem alcóol IMBEBÍVEL. Qualquer uma.

5 comentários:

Liliana e benny disse...

Podes quer o fruto proibido é smp o mais apetecido:)
E a cerveja sem alccol ñ é a mesma coisa...
Vai-te aguentando:)))
beijinhos
p.s. recebeste o nosso convite?
liliana.benny@sapo.pt

CGM disse...

Eu bebi uma ou duas sagres sem álcool, com um rotulo azul e soube-me à vida. Dias depois soube que tem um mínimo de álcool, mas mesmo mínimo. Mas olha, já estava ;)

Beijinho

m&m disse...

E não gosto nada de cerveja... mas se me derem um copinho de vinho verde fresquinho... hummmmm
Tenho-me descabelado é por uma caipirinha... quando a piolha nascer... vou-me a ela!

Bjs
Mariana e Eva.

dangerously in love disse...

Eu quando estava grávida cheugeui a beber uma cerejinha de vez em quando.Não faz mal, uma.Pelo menos foi o que o meu médico me disse.Vinho tinto comigo funciona da mesma fomra: que soninho que me dá.E branco, pf, odeio. Bebe uma cervejinha sim que não é por ai!alias, faz pior ficar com a vontade.;). beijinhos

dangerously in love disse...

não e cerejinha...hehe...é cervejinha.;)