08 junho 2007

Verbo Ir

Há uns dias, numa troca de e-mails com amigos, (é a forma mais rápida de combinar programas com muita gente...), um deles decidiu apelidar todos os casais, com base numa piada que tivesse a ver com eles.

Nós ficámos o "Casal Verbo Ir", porque vamos a todo o lado, e nunca dizemos que não a qualquer programinha, quer seja em Lisboa, no Algarve, ou onde for preciso! Somos os primeiros a sugerir fins-de-semana fora, jantares fora, etc. E se antes era a qualquer dia, a qualquer hora, hoje em dia, estamos sujeitos a horários de sestas e refeições, mas não deixamos de sair.
Éramos 5, 6, 7, pessoas, e agora somos aos 10 de cada vez, mas nada se deixa de fazer!!!
Ah, e quando todos se cortam, não é razão para deixar de ir, como é o caso da viagem na semana que vem... fica em família!

1 comentário:

Mamã trintona disse...

Nunca fui muito de sair mas também nunca saí tanto como enquanto estive de licença de maternidade. Ía a tudo quanto era sítio, uma vez que o piolhito dormia quase todo o tempo e era preciso estar atenta às horas a que tinha comido pois nunca foi de reclamar por comida, fora de casa.
Agora é que tenho de esperar que coma, durma e acorde para poder sair porque já quer ver tudo e mais alguma coisa.
Joquinhas
Sofia