07 outubro 2007

Segurança social

"Boa tarde, é aqui que entrego os documentos para o abono pré-natal?"

"Está grávida?"

"OLHE NÃO!!!! MAS APETECEU-ME PEDIR O ABONO, PODE SER QUE MO DÊEM NÃO ACHA???"

3 comentários:

Costinhas disse...

e convenceste a senhora? :p

beijinhos

Ana Rangel disse...

De todas as perguntas, fez a mais evidente... :p

fdmãe disse...

Também já tive uma experiência muito parva na seg. social...

Aos seis meses de gravidez, como estava de baixa por ser gravidez de risco, recebi uma prestação muito alta (cerca de 3000 €), o que estranhei

Fui lá a perguntar o que era aquele dinheiro e disseram-me que me tinham pago o subsídio de Maternidade...

-Como? Mas eu não o pedi...
-Porquê, ainda não nasceu?
-Claro que não, não vê esta barriga???
-Mas diz aqui que nasceu a 3 de maio... tem a certeza que não nasceu?
-Ai minha senhora, parece que não tenho bem a certeza... ACHA QUE NÃO SABIA SE JÁ TIVESSE NASCIDO?

Conclusão: afinal tinha-me pago o subsídio de Maternidade por gravidez de risco, (que se recebe na totalidade até à data prevista do parto - o dia 3 de maio era o dia em que entrei de baixa) que era fácil de consultar se a funcionária tivesse puxado TODA a informação da página...