28 maio 2007

Gosto tanto...

...mas tanto das nossas manhãs. Não há uma manhã, (ou são mesmo muito, muito raras) em que não fiquemos os três na cama, pelo menos, 20min, meia hora.
Ele acorda, e começa a falar. Um de nós vai buscá-lo: abrimos as portadas e ele ou já está em pé na cama, ou está sentado á nossa espera ou ainda deitado, mas sempre, sempre, sempre a rir mal percebe que alguém lhe entrou no quarto, ainda com os olhos mal abertos... Estica os braços e já sabe que vem para a nossa cama, para o "namoro". Rebolamos, ele trepa por nós e pelas nossas (6!!) almofadas, nós rimos ele também e faz-se de engraçado, com o seu arzinho despenteado e ensonado. Um de nós dá-lhe o biberon, esperamos pelo arroto e lá vamos à nossa seguinte rotina matinal, a que tem menos graça!

2 comentários:

margarida =) disse...

E que belas manhãs:)
Eu estou a estudar fora e sozinha, e tenho muitas saudades do meu namorado. Costumo dizer que os "casados" não sabem a sorte que têm por poder estar sempre juntos e dormir e acordar juntos! Vocês parece-me que sabem bem a sorte que têm de acordar a 3 e que a aproveitam bem...

dangerously in love disse...

oh que bom...de vez em quando também faço isso com a minha (quando não me esqueço de por o despertador e já acordo atrasadissima) ainda bem que voltaste. beijinhos