23 outubro 2007

Amamentação II

(porque muito se tem falado sobre amamentação aqui...)

Não vou dar conselhos e contradizer o que escrevi no post anterior, vou antes dizer o que resultou comigo, e, talvez assim, ajudar quem precise!

- Preparação do Peito: eu usei e abusei da Lanolina, ainda antes do V nascer. Comecei a por Lansinoh (100% lanolina pura, mas penso que as outras marcas também devem ser), aos 8 meses de gravidez, antes de me deitar, e continuei até ele fazer 1 ou 2 meses, já não me lembro...
- Subida de Leite: dois dias para esquecer... passei os dias no duche!! Foi no dia que saímos do Hospital, de onde saí sequinha, e cheguei a casa, 30min depois encharcada em leite! Um belo espetáculo... Fui para a casa-de-banho, despi-me, inclinei-me sobre o lavatório, e era um verdadeiro rio aquilo que por ali escorria. Não estou mesmo a exagerar!

A única solução foi meter-me no duche, e apontar o chuveiro quente para o peito, até esvaziar um pouco e conseguir levantar o braço acima da linha da cintura... Quando me sentia melhor, passava por água fria, ou punha aqueles sacos azuis que se guradam no congelador, para voltar a fechar os canais do leite, que abrem com a água quente.

Nunca, mas nunca, usei a bomba durante a subida de leite (foram dois dias nisto...), pois isso iria pura e simplesmente estimular a produção de ainda mais leite.

Quando usamos a bomba, o nosso corpo pensa que é um bebé a mamar, e parte do princípio que o bebé está a precisar de mais leite, e toca de produzir mais leite para o menino, até a mãe não se conseguir mexer, e parecer a própria da Pamela.

Se tirarmos leite com uma massagem, ou debaixo de um jacto (fraco claro, aaaaaauuuuuu) de água quente, esse leite não é "contabilizado" pelo nosso belo cérebro, e a produção prossegue normalmente.

- Bomba: eu aluguei uma daquelas profissionais, a Ameda, e é ma-ra-vi-lho-sa. Custa 30€, porque há uma parte da bomba que tem de se comprar, e depois 30€/mês. Acontece que às tantas o valor do aluguer já igualava o valor de compra da bomba. Ligaram-me, e por mais 10€, comprei-a.

A única dificuldade que encontrei, (trabalhar com a bomba é facílimo, e fizeram-me uma demonstração no hospital, quando a foram lá entregar, no próprio dia em que telefonei a dizer que o bebé já tinha nascido), foi em encontrar a melhor altura do dia para tirar o leite.

Achei que o melhor era de manhã (o leite é mais "forte"), e 1.30h, 2h depois de ele ter acabdo de mamar.

Ainda melhor é tirar dos dois peitos ao mesmo tempo.

Exactamente, tal e qual uma vaca leiteira.

De resto, penso que não há nada mais a acrescentar... quem quiser deixar aqui uma história ou outra, faça favor!

6 comentários:

Sandra e Amaro disse...

A máquina é muito boa!!!
E realmente as vezes, ou melhor dizendo na maior das vezes parecemos mesmo uma vaca leiteira...

Jocas

CLS disse...

Eu uso uma bomba manual, a Isis da Avent, não deve ser tão eficaz como essa automática mas dou-me bem com ela. Comprei-a na subida do leite, tirava só um bocadinho para aliviar, de maneira a não estimular a produção.
É como dizes, a informação vale tudo. Reconheço agora que, com a Camila, a amamentação não correu bem por eu estar pouco informada e ouvir os "conselhos" ds outros. Com a Mafalda, está a ser outra hstória, muito melhor sucedida!
Beijinhos (está quase, quase!)

Filipa disse...

Concordo contigo plenamente.
Eu reconheço que me empenhei para levar a amamentação por diante, pedi conselhos a quem já tinha amamentado e pesquisei bastante acerca do assunto.
Penso que fiz o melhor pelo Gonçalo, amamentei em exclusivo quase até aos 5 meses, altura em que ele entrou no infantário. Continuei até aos 6 meses, mas a partir daí o meu leite deixou de o satisfazer e eu optei só pelo biberon.
Se tiver outro filhote vou fazer exactamente o mesmo.

Beijinhos.

Ana disse...

Obrigada pelas dicas. Não conhecia a lanolina, mas garanto que vou comprar essa pomada assim que entrar numa farmácia.

Todas nós sentimos estas duvidas, principalmente numa primeira gravidez. Todas nós nos tentamos informar, ler e pesquisar tanto quanto possivel, mas na verdade nem sempre a informação aparece tão explicita como quando é dada por alguém que viveu a experiencia da maternidade na primeira pessoa, mesmo que as dificuldades sejam diferentes das nossas.

E claro, o nosso instinto é fundamental...

Beijinhos,
Ana

Sandra disse...

Olá mamã,

O meu filhote nasceu poucos dias depois do H. e até aos 6 meses foi amamentado exclusivamente com leite materno. Uso e abuso da bomba (comprei uma Medela e após o 1º mês passei para a Ameda, uma escolha acertada sem dúvida), tenho muito leite e congelo para lhe ser dado enquanto estou a trabalhar. Amamentar não é fácil, de facto, envolve muitos sacrifícios (principalmente no caso de bebés que mamam de 3h em 3h, dia e noite,... como é o meu caso) mas sei que lhe estou a dar o melhor de mim.
Já acompanho este cantinho há algum tempo (identifico-me com muitas das opiniões aqui partilhadas)e hoje ao reler alguns posts achei que valia a pena deixar, aqui, a minha experiência. Também eu li muito e continuo a ler imenso porque estar informada é o meio caminho andado.

Beijinhos,
Sandra

Anónimo disse...

Já conheces A Terra dos Sonhos, uma loja onde pode encontrar artigos variados com preços de sonho.
www.terradossonhos.net